Dançarina

Dançarina

Dicionário do Balé (M - P)


MAITRE, MAITRESSE-DU-BALLET- É o responsável, junto ao coreógrafo, por manter e remontar, quando necessário, a obra, respeitando sua autenticidade, qualidade técnica e artística. O maitre também dá aulas à companhia cuidando da unidade de trabalho e estilo que estão em sua responsabilidade.
MANÉGE – Picadeiro. Indica a forma em que o bailarino executa os tours, quando estes são feitos ao redor do palco, como se circundasse um picadeiro imaginário.
P
PAS - Passo. Um único movimento de perna no ato de andar ou dançar.
PAS COURU - Corrido. Um passo corrido é freqüentemente usado para ganhar impulso para um grande pulo tal como um grand jeté. É composto de três passos corridos seguido do passo para o qual serve de trampolim.
PAS DE BASQUE - Passo de basco. Passo cujo nome indica sua origem. Foi introduzido no balé clássico por Maria Camargo (1710-1770). Pode ser glissé (deslizado) ou sauté (saltado), en avant (para frente), ou en arrière (para trás).
PAS DE BOURRÉBourré é o nome de uma dança folclórica das províncias de Auvergne e Berri. Sua conexão com os pas de bourré do balé clássico é obscura, tendo sido introduzido com certa estilização, por alguns coreógrafos contemporâneos. É um passo de locomoção em geral com três movimentos das pernas, feitos em qualquer direção.



PAS DE CHAT – Passo de gato. Passo em que o bailarino, começando em 5a posição, levanta a perna de trás num retiré, em demi-plié na perna de sustentação, pula lateralmente sobre a perna levantada, ao mesmo tempo em que levanta a outra em retiré e fecha 5a no demi-plié. O pas de chat italiano é feito com as duas pernas dobradas no ar ao mesmo tempo.

PAS DE CHEVAL - Passo de cavalo. Consiste em "raspar" a ponta do pé esticado no chão, pulando graciosamente mudando de perna.


PAS DE DEUX - Passo de dois (ou passo a dois). Uma dança para duas pessoas. Grand pas de deux, nome dado nos balés clássicos para os passos feitos pela primeira bailarina e pelo primeiro bailarino, destinado a mostrar sua virtuosidade, e em geral consistindo de entrada, adágio, variação para a bailarina, variação para o bailarino, concluindo com a Coda.


PAS DE QUATRE - Passo de quatro. Uma dança para quatro pessoas.
PAS DE VALSE - Passo de valsa. O mesmo que balancé.
PAS DE TROIS - Passo de três pessoas. Variação de dança feita por três bailarinos, em geral duas moças e um rapaz.
PAS MARCHÉ - Passo marchado ou andado. Um passo comum, feito com o pé esticado, colocando-se primeiro no chão a meia ponta e em seguida o calcanhar.
PASSÉ (pronuncia-se "passê") - Passado. Movimento em que o pé passa pela perna de apoio até a altura do joelho. Forma a posição de um número "quatro” no ar. As duas pernas permanecem viradas para fora (en dehors).

PENCHÉ - Inclinar para frente, levantando a perna de trás e fazendo o possível para as costas não descerem. No arabesque penché, o corpo deve formar uma linha reta.

PIQUÉ, POSÉ - Nesse passo deve-se tocar diretamente com a pointe ou demi-pointe do pé que está em movimento em qualquer direção ou posição desejada com o outro pé suspenso no ar.
PIROUETTE – Pirueta. Uma volta inteira do corpo executada sobre uma perna (na ponta ou meia ponta), enquanto a outra está flexionada, com o pé à frente do joelho da perna de sustentação. Quando a volta é feita para o lado da perna que levanta, a pirueta é en dehors; quando a volta é para o lado da perna de sustentação, a pirueta é en dedans. Pode ser feita em várias posições, como no "passé", "arabesque" e "attitude". A perna de apoio deve estar firme para que o giro saia no lugar. Os braços e a cabeça ajudam a dar o impulso.





PLIÉ (pronuncia-se “pliê”) - Dobrado. Flexão dos joelhos. Exercício que compõe quase todos os outros da barra. Movimento realizado vagarosamente flexionando os joelhos na mesma linha dos pés, que estarão em rotação externa juntamente com o quadril. Pode ser classificado como postura/posição e movimento na execução de exercício de base, sendo o primeiro exercício na barra.
-Demi-plié (pronuncia-se "demipliê"): Pode ser feito em todas as posições de pés. Joelhos flexionados até o máximo que a pessoa conseguir, desde que acompanhe a linha dos pés, sem tirar os calcanhares do chão. Serve para dar impulso aos saltos, a outros passos e suas ligações.





- Grand-plié (pronuncia-se “granpliê”): Se inicia passando pelo demi-plié realizando movimento contínuo e lento com retroversão do quadril.



POINTE - Ponta do pé. As mulheres dançam sobre as pontas dos pés em sapatilhas. A introdução dessa técnica no início do século XIX tornou possível o desenvolvimento da virtuosidade feminina, como múltiplos fouettés e sustento em uma só perna. Meia ponta é quando o(a) dançarino(a) se eleva com os dedos tocando o chão, apoio nos metatarsos, e o restante do pé está elevado.
PORT DE BRAS - Movimentação dos braços passando pelas posições (1a , 2a, 3a, 4a e 5a).
PROMENADE - Passeio, uma volta lenta dada sobre um pé (toda a planta no chão ou na ponta, neste último caso com a ajuda de um bailarino), enquanto a outra perna está numa dada posição (arabesque, por exemplo). Devem-se tomar como eixo os dedos do pé, enquanto o calcanhar vai executando uma volta completa em torno dele (o eixo).

3 comentários:

  1. gostaria de saber qual passo cujo o significado é destacado , atirado , batido ,e encaixado ?

    ResponderExcluir
  2. gostaria de saber qual passo cujo o significado é destacado , atirado , batido ,e encaixado ?

    ResponderExcluir