Dançarina

Dançarina

Conhecendo o corpo que dança

Conhecer o corpo é extremamente importante para o dançarino/bailarino, otimizando a sua movimentação e melhorando a estética e a técnica dos movimentos. O estudo da anatomia humana contribui com a formação do dançarino contemporâneo.

Coluna Vertebral

Possui 33 vértebras, sendo 7 cervicais, 12 torácicas, 5 lombares, 5 sacrais (fundidas) e o cóccix.

Fonte: Google imagens

A coluna vertebral possui curvaturas naturais que formam um 'S' se vista lateralmente.

Entre cada uma das vértebras estão os discos intervertebrais que impedem o atrito entre elas e permitem os movimentos da coluna.

O que mantém essa estrutura na posição correta e estabilizada são os músculos. Existem músculos profundos e mais superficiais, formando camadas que devem ser fortalecidas para manter a postura e proteger a coluna.



Existe também um conjunto de músculos que protegem a coluna, são eles que formam o Core ou Power House.



Membros superiores

A desenvoltura dos membros superiores é importante na construção de um corpo que dança, principalmente nos giros e mudanças de direção do corpo em todas as formas de movimentação.


                                                                                     Fonte: Google imagens

Conhecer a estrutura óssea e muscular dos membros superiores favorece a mecânica muscular, o cuidado e a eficiência na realização dos movimentos.

Pés e tornozelos

Os pés são a base de todo o corpo, para o dançarino é importante conhecer o alinhamento e a ação muscular necessária para melhorar a técnica.

No pé existem 26 ossos e 34 articulações, o que promove muitas possibilidades de movimentos:


Ao dançar, todas as articulações devem trabalhar em harmonia, assim evitando lesões e fortalecendo a musculatura dos pés e tornozelos.

Um comentário: